5 de setembro de 2014

Amor e Vinho

Mais um poema que chega ao Varal.  Dessa vez do Renan Hayuri, de Natal, RN, que é  arte finalista, trabalha em uma empresa de comunicação visual e diz se encantar com o mundo literário. Obrigada por partilhar aqui sua poesia. 


E as taças estão em nossas mãos 
cheias do vermelho, do vinho do nosso amor 
que embebeda nossa cabeça 
e embala nossas noites

e a cada sorriso teu 
me sinto mais à vontade ao seu lado 
me sinto mas intimo 
mais confidente mais confiante 

e aos poucos as juras escapam 
as juras de amor
sim elas que há tanto tempo 
ficaram presas na garganta 

ai... um amor assim não vivo há tempos 
um amor assim que me toma os sentidos 
e me faz repousar nesses macios braços 
cheios de carinho e muito amor 

não ligo em ser quem sou 
não tenho máscaras com você 
não penso no que falar 
falo o que vem na mente 

essa sua majestosa beleza é o que me encanta 
com esse teu olhar pidão e excitante 
me leva a pensar loucuras 
com teu beijo quente me leva ao céu

ah... doces lábios que são labirintos 
que me perco neles
mas me acho em teus braços 
que me dão abrigo e um amor infindo 

Autor  Renan Hayuri - Natal RN 

2 comentários:

Paloma Duarte disse...

Adoreei o seu blog!
Amo poesias, também as escrevo. Quando puder passa lá no meu blogger e se gostar, comenta.
http://palomaduarte-online.blogspot.com.br/

Marli Fiorentin disse...

Oi Paloma. obrigada. Logo visitarei teu blog. Abraço!