20 de novembro de 2014

ESPERANÇA


A esperança despertou a paixão,
Floriu os campos de sonhos,
Banhou os mares de amor.
Esperança que nos toma,
Que nos devora…
A esperança está em ti,
Em teu sorriso,
Na tua presença,
Nos teus braços.

(Agamenon Troyan)

6 comentários:

dante locateli disse...

Pode a esperança gerar amor?
É o amor que gera esperança.
Amor que nem tem porque.
Provavelmente nem tenha onde.
Quando e como então para quê.
Amar é assim irracional.
Tudo haver com animal.
Pouco haver com racional.
Até que vira verdade.
É então ciência,
mas tem sabe dessa loucura.
pois amor nem existe
é só uma figura
inventada para desinventar a dor
bem eu sou maluco
então que seja de fato
o amor de ciência um ato.
e que nasce do conhecer
e assim se auto gerando
ou desaparecendo
mas sempre verdade sendo.

Marli Fiorentin disse...

O amor vem de mãos dadas com a dor.

Janne Lopes disse...

Ah, que lindo... o amor é sempre banhado de esperança.
Te convido a ler o último texto do meu blog: http://semeandoecantando.blogspot.com.br/2014/11/amor-eterno-amor.html

Paloma Duarte disse...

A esperança esta no outro?
Ou será que está em nós mesmos?
É linda e misteriosa...
Porque ela surge e as vezes num descuido vai embora.

amei!
passa lá no meu blog? beijos!
Emanuele

Anônimo disse...

Talvez a Dna. Esperança so não esteja querendo ficar só. Acontece.

HelainePimentel disse...

Talvez a Dna. Esperança so não esteja querendo ficar só. Acontece.