23 de maio de 2015

Bela Flor



Bela flor
Do mais belo jardim
Jardim que hoje está sem cor
Minha bela flor
Que não quis o meu amor

Suas raízes profundas estão
Desejo a colher
E regá-la com minha paixão
Para que com meu amor
Suas raízes cultivar
Mas para que isto aconteça
Teria que te roubar

Bela flor, em minha casa ficará
A mais bela peça
Para a todos cativar
E faça-me
Todos os dias, te amar

Mas se bela és assim
Errônea é a ideia de te levar
Imaginar que em meus braços
Poderia murchar
Talvez, este seria meu fim

Bela flor
Que bela és
Sem desejar
Triste fico, pois
Tu não és flor de se colher
Apenas de se admirar.


Vitor Kimura - Paraná
Visite e comente o blog  http://drunkdrafts.blogspot.com.br 

4 comentários:

Edgar Carvalho disse...

Legal ter lido este poema sobre beija flor... há uns dias estive inspirado nele..

Fabricio SN disse...

Belo poema!(flor e platonismo)
Qualquer dia desses deem uma passada no meu blog: http://mentesbr.blogspot.com.br/

Toni disse...

Um bonito poema, Parabéns

Saúde e Vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.