2 de dezembro de 2015

Chegará


Chegará o momento
Em que nos veremos
E não precisaremos 
Disfarçar o olhar

Nos reconheceremos
Mas não saberemos um do outro
E quando a rotina não evitar
Estaremos a lembrar

Do que não aconteceu
E do que queríamos evitar
Do tentar, arriscar, poder voltar
Mas o "se" é que irá perdurar

Não que iremos
Sentir ou lamentar
Mas,
Estaremos a lembrar

Por Thiago Sagaz

3 comentários:

Lara Kuerten disse...

Nossa, amei o poema!! Sucinto, mas preciso!!
Você escreve muito bem! Não me canso de comentar!
Ah! Acabei de postar um poema sobre um sentimento que odiamos senitr: a saudade.
Depois passa lá no blog e dá uma conferida. Beijos!
http://sonhandoacordadaofficial.blogspot.com.br/2015/12/saudade.html

Saúde e Vida disse...

Oi
Também escrevo poemas
tenho o blog http://sauevida.blogspot.com.br/2015/12/a-dor-da-despedida_17.html?m=1
se acaso queira compartilhar algum poema e só falar.
adorei seu blog.

Saúde e Vida disse...

Oi
Também escrevo poemas
tenho o blog http://sauevida.blogspot.com.br/2015/12/a-dor-da-despedida_17.html?m=1
se acaso queira compartilhar algum poema e só falar.
adorei seu blog.