20 de abril de 2017

Amor

Fonte: https://criativo2011.wordpress.com/2011/09/21/amor-e-desenho/


Amor é silêncio, é mania
É coisa que pula o portão
É flor que nasce no chão
Do coração
Amor é amendoeira Drummond
É planta de ribanceira, é nação
É roseira, é sombra de seringueira
No coração
Amor é parte, é inteiro e meio
É bicho de estimação, é leão
É remédio amargo, é melado
É destino certo, é rosa dos ventos
Pro coração
Amor é diverso, é diversão
É o escuro da noite, é clarão
É deserto, é vinte e cinco de março
É gente só, é multidão
Sempre coração
Amor é destino, é menino
É jabuticabeira, é um cacto
É sina, é sino, é um sinal
É bordado nas pontas, é fonte
É um belo horizonte, é sertão
É coração
Amor é doideira, é santificado
É reto, é incerto, é insano
É bicho da seda, é brigadeiro
Amor é completo, é fragmentado
É o fim é o começo é a estrada
Amor que é amor nos ama


Milton Oliveira

Maio/2015

Nenhum comentário: